One place for hosting & domains

      Framework

      Building a REST API With Django REST Framework


      How to Join

      This Tech Talk is free and open to everyone. Register below to get a link to join the live stream or receive the video recording after it airs.

      Date Time RSVP
      April 28, 2021 11:00–12:00 p.m. ET / 3:00–4:00 p.m. GMT

      About the Talk

      The Django REST Framework is a powerful toolkit for building RESTful APIs on top of the popular Python framework Django. With its browsable API, robust authentication policies, and object serialization, it offers an amazing experience for rapidly creating REST APIs. Let’s get our hands dirty and build some APIs with DRF!

      What You’ll Learn

      • How to install the Django REST Framework
      • How to authenticate against the DRF
      • How to quickly create a CRUD based REST API

      This Talk Is Designed For

      Developers who want to build robust RESTful APIs using Python.

      Prerequisites

      A basic understanding of the Python programming language.

      Resources

      Django REST framework quickstart

      To join the live Tech Talk, register here.



      Source link

      How To Install the Django Web Framework on Ubuntu 20.04


      Not using Ubuntu 20.04?


      Choose a different version or distribution.

      Introduction

      Django is a full-featured Python web framework for developing dynamic websites and applications. Using Django, you can quickly create Python web applications and rely on the framework to do a good deal of the heavy lifting.

      In this guide, you will get Django up and running on an Ubuntu 20.04 server. After installation, you will start a new project to use as the basis for your site.

      Different Methods

      There are different ways to install Django, depending upon your needs and how you want to configure your development environment. These have different advantages and one method may lend itself better to your specific situation than others.

      Some of the different methods include:

      • Global install from packages: The official Ubuntu repositories contain Django packages that can be installed with the conventional apt package manager. This is simple, but not as flexible as some other methods. Also, the version contained in the repositories may lag behind the official versions available from the project.
      • Install with pip in a virtual environment: You can create a self-contained environment for your projects using tools like venv and virtualenv. A virtual environment allows you to install Django in a project directory without affecting the larger system, along with other per-project customizations and packages. This is typically the most practical and recommended approach to working with Django.
      • Install the development version with git: If you wish to install the latest development version instead of the stable release, you can acquire the code from the Git repo. This is necessary to get the latest features/fixes and can be done within your virtual environment. Development versions do not have the same stability guarantees as more stable versions, however.

      Prerequisites

      Before you begin, you should have a non-root user with sudo privileges available on your Ubuntu 20.04 server. To set this up, follow our Ubuntu 20.04 initial server setup guide.

      Global Install from Packages

      If you wish to install Django using the Ubuntu repositories, the process is very straightforward.

      First, update your local package index with apt:

      Next, check which version of Python you have installed. 20.04 ships with Python 3.8 by default, which you can verify by typing:

      You should see output like this:

      Output

      Python 3.8.2

      Next, install Django:

      • sudo apt install python3-django

      You can test that the installation was successful by typing:

      Output

      2.2.12

      This means that the software was successfully installed. You may also notice that the Django version is not the latest stable version. To learn more about how to use the software, skip ahead to learn how to create sample project.

      Install with pip in a Virtual Environment

      The most flexible way to install Django on your system is within a virtual environment. We will show you how to install Django in a virtual environment that we will create with the venv module, part of the standard Python 3 library. This tool allows you to create virtual Python environments and install Python packages without affecting the rest of the system. You can therefore select Python packages on a per-project basis, regardless of conflicts with other projects’ requirements.

      Let’s begin by refreshing the local package index:

      Check the version of Python you have installed:

      Output

      Python 3.8.2

      Next, let’s install pip and venv from the Ubuntu repositories:

      • sudo apt install python3-pip python3-venv

      Now, whenever you start a new project, you can create a virtual environment for it. Start by creating and moving into a new project directory:

      • mkdir ~/newproject
      • cd ~/newproject

      Next, create a virtual environment within the project directory using the python command that’s compatible with your version of Python. We will call our virtual environment my_env, but you should name it something descriptive:

      This will install standalone versions of Python and pip into an isolated directory structure within your project directory. A directory will be created with the name you select, which will hold the file hierarchy where your packages will be installed.

      To install packages into the isolated environment, you must activate it by typing:

      • source my_env/bin/activate

      Your prompt should change to reflect that you are now in your virtual environment. It will look something like (my_env)username@hostname:~/newproject$.

      In your new environment, you can use pip to install Django. Regardless of your Python version, pip should just be called pip when you are in your virtual environment. Also note that you do not need to use sudo since you are installing locally:

      You can verify the installation by typing:

      Output

      3.0.8

      Note that your version may differ from the version shown here.

      To leave your virtual environment, you need to issue the deactivate command from anywhere on the system:

      Your prompt should revert to the conventional display. When you wish to work on your project again, re-activate your virtual environment by moving back into your project directory and activating:

      • cd ~/newproject
      • source my_env/bin/activate

      Development Version Install with Git

      If you need a development version of Django, you can download and install Django from its Git repository. Let’s do this from within a virtual environment.

      First, let’s update the local package index:

      Check the version of Python you have installed:

      Output

      Python 3.8.2

      Next, install pip and venv from the official repositories:

      • sudo apt install python3-pip python3-venv

      The next step is cloning the Django repository. Between releases, this repository will have more up-to-date features and bug fixes at the possible expense of stability. You can clone the repository to a directory called ~/django-dev within your home directory by typing:

      • git clone git://github.com/django/django ~/django-dev

      Change to this directory:

      Create a virtual environment using the python command that’s compatible with your installed version of Python:

      Activate it:

      • source my_env/bin/activate

      Next, you can install the repository using pip. The -e option will install in “editable” mode, which is necessary when installing from version control:

      • pip install -e ~/django-dev

      You can verify that the installation was successful by typing:

      Output

      3.2

      Again, the version you see displayed may not match what is shown here.

      You now have the latest version of Django in your virtual environment.

      Creating a Sample Project

      With Django installed, you can begin building your project. We will go over how to create a project and test it on your development server using a virtual environment.

      First, create a directory for your project and change into it:

      • mkdir ~/django-test
      • cd ~/django-test

      Next, create your virtual environment:

      Activate the environment:

      • source my_env/bin/activate

      Install Django:

      To build your project, you can use django-admin with the startproject command. We will call our project djangoproject, but you can replace this with a different name. startproject will create a directory within your current working directory that includes:

      • A management script, manage.py, which you can use to administer various Django-specific tasks.
      • A directory (with the same name as the project) that includes the actual project code.

      To avoid having too many nested directories, however, let’s tell Django to place the management script and inner directory in the current directory (notice the ending dot):

      • django-admin startproject djangoproject .

      To migrate the database (this example uses SQLite by default), let’s use the migrate command with manage.py. Migrations apply any changes you’ve made to your Django models to your database schema.

      To migrate the database, type:

      You will see output like the following:

      Output

      Operations to perform: Apply all migrations: admin, auth, contenttypes, sessions Running migrations: Applying contenttypes.0001_initial... OK Applying auth.0001_initial... OK Applying admin.0001_initial... OK Applying admin.0002_logentry_remove_auto_add... OK Applying admin.0003_logentry_add_action_flag_choices... OK Applying contenttypes.0002_remove_content_type_name... OK Applying auth.0002_alter_permission_name_max_length... OK Applying auth.0003_alter_user_email_max_length... OK Applying auth.0004_alter_user_username_opts... OK Applying auth.0005_alter_user_last_login_null... OK Applying auth.0006_require_contenttypes_0002... OK Applying auth.0007_alter_validators_add_error_messages... OK Applying auth.0008_alter_user_username_max_length... OK Applying auth.0009_alter_user_last_name_max_length... OK Applying sessions.0001_initial... OK

      Finally, let’s create an administrative user so that you can use the Djano admin interface. Let’s do this with the createsuperuser command:

      • python manage.py createsuperuser

      You will be prompted for a username, an email address, and a password for your user.

      Modifying ALLOWED_HOSTS in the Django Settings

      To successfully test your application, you will need to modify one of the directives in the Django settings.

      Open the settings file by typing:

      • nano ~/django-test/djangoproject/settings.py

      Inside, locate the ALLOWED_HOSTS directive. This defines a list of addresses or domain names that may be used to connect to the Django instance. An incoming request with a Host header that is not in this list will raise an exception. Django requires that you set this to prevent a certain class of security vulnerability.

      In the square brackets, list the IP addresses or domain names that are associated with your Django server. Each item should be listed in quotations, with separate entries separated by a comma. If you want requests for an entire domain and any subdomains, prepend a period to the beginning of the entry:

      ~/django-test/djangoproject/settings.py

      ALLOWED_HOSTS = ['your_server_ip_or_domain', 'your_second_ip_or_domain', . . .]
      

      When you are finished, save the file and exit your editor.

      Testing the Development Server

      Once you have a user, you can start up the Django development server to see what a fresh Django project looks like. You should only use this for development purposes. When you are ready to deploy, be sure to follow Django’s guidelines on deployment carefully.

      Before you try the development server, make sure you open the appropriate port in your firewall. If you followed the initial server setup guide and are using UFW, you can open port 8000 by typing:

      Start the development server:

      • python manage.py runserver your_server_ip:8000

      Visit your server’s IP address followed by :8000 in your web browser:

      http://your_server_ip:8000
      

      You should see something that looks like this:

      Django public page

      To access the admin interface, add /admin/ to the end of your URL:

      http://your_server_ip:8000/admin/
      

      This will take you to a log in screen:

      Django admin login

      If you enter the admin username and password that you just created, you will have access to the main admin section of the site:

      Django admin page

      For more information about working with the Django admin interface, please see “How To Enable and Connect the Django Admin Interface.”

      When you are finished looking through the default site, you can stop the development server by typing CTRL-C in your terminal.

      The Django project you’ve created provides the structural basis for designing a more complete site. Check out the Django documentation for more information about how to build your applications and customize your site.

      Conclusion

      You should now have Django installed on your Ubuntu 20.04 server, providing the main tools you need to create powerful web applications. You should also know how to start a new project and launch the developer server. Leveraging a complete web framework like Django can help make development faster, allowing you to concentrate only on the unique aspects of your applications.

      If you would like more information about working with Django, including in-depth discussions of things like models and views, please see our Django development series.



      Source link

      Como Instalar o Framework Web Django no Ubuntu 18.04


      Introdução

      O Django é um framework Web Python completo para o desenvolvimento de sites e aplicativos dinâmicos. Usando o Django, você pode criar aplicativos Web em Python e confiar no framework para fazer uma boa parte do trabalho pesado.

      Neste guia, você irá colocar o Django em funcionamento em um servidor Ubuntu 18.04. Após a instalação, você iniciará um novo projeto para usar como base para seu site.

      Métodos Diferentes

      Existem maneiras diferentes de instalar o Django, dependendo das suas necessidades e como você queira configurar seu ambiente de desenvolvimento. Essas têm vantagens diferentes e um método pode se dar melhor na sua situação específica do que outros.

      Alguns dos métodos diferentes incluem:

      • Instalação global a partir de pacotes: Os repositórios oficiais do Ubuntu contêm pacotes Django que podem ser instalados com o gerenciador de pacotes convencional apt. Isso é simples, mas não tão flexível quanto alguns outros métodos. Além disso, a versão contida nos repositórios pode ficar para trás das versões oficiais disponíveis no projeto.
      • Instalar com o pip em um ambiente virtual: Você pode criar um ambiente auto-contido para seus projetos utilizando ferramentas como o venv e o virtualenv. Um ambiente virtual permite que você instale o Django em um diretório de projeto sem afetar o sistema como um todo, junto com outras personalizações e pacotes por projeto. Esta é, normalmente, a abordagem mais prática e recomendada para trabalhar com o Django.
      • Instalar versão de desenvolvimento com o git: Se você deseja instalar a versão de desenvolvimento mais recente ao invés do lançamento estável, você pode adquirir o código do repositório do Git. Isso é necessário para obter as últimas vantagens/correções e pode ser feito dentro do seu ambiente virtual. As versões de desenvolvimento não têm as mesmas garantias de estabilidade das versões mais estáveis, no entanto.

      Pré-requisitos

      Antes de começar, você deve ter um usuário não-root com privilégios sudo disponível no seu servidor Ubuntu 18.04. Para configurar esses detalhes, siga nosso Guia de configuração inicial do servidor Ubuntu 18.04.

      Instalação Global de Pacotes

      Se você deseja instalar o Django utilizando os repositórios do Ubuntu, o processo é muito simples.

      Primeiramente, atualize seu índice de pacotes local com o apt:

      Em seguida, verifique qual versão do Python você tem instalada. 18.04 acompanha o Python 3.6 por padrão, que você pode verificar digitando:

      Você deve ver um resultado como este:

      Output

      Python 3.6.5

      Em seguida, instale o Django:

      • sudo apt install python3-django

      Você pode testar se a instalação foi bem sucedida digitando:

      Output

      1.11.11

      Isso significa que o software foi instalado com sucesso. Você também pode notar que a versão do Django não é a versão estável mais recente. Para aprender mais sobre como usar o software, pule adiante para aprender como criar um projeto exemplo.

      A maneira mais flexível de instalar o Django no seu sistema é dentro de um ambiente virtual. Vamos mostrar como instalar o Django em um ambiente virtual que criaremos com o módulo venv, parte da biblioteca padrão do Python 3. Esta ferramenta permite que você crie ambientes virtuais Python e instale pacotes Python sem afetar o resto do sistema. Você pode, portanto, selecionar pacotes Python projeto a projeto, independentemente de conflitos com requisitos de outros projetos.

      Vamos começar recarregando o índice de pacotes local:

      Verifique a versão do Python que você tem instalada:

      Output

      Python 3.6.5

      Em seguida, vamos instalar o pip dos repositórios do Ubuntu:

      • sudo apt install python3-pip

      Assim que o pip estiver instalado, você pode usá-lo para instalar o pacote venv:

      • sudo apt install python3-venv

      Agora, sempre que você iniciar um novo projeto, você pode criar um ambiente virtual para ele. Comece criando e entrando em um novo diretório de projeto:

      • mkdir ~/newproject
      • cd ~/newproject

      Em seguida, crie um ambiente virtual dentro do diretório de projeto utilizando o comando python que é compatível com sua versão do Python. Vamos chamar nosso ambiente virtual de my_env, mas você deve nomeá-lo algo descritivo:

      Isso irá instalar versões standalone do Python e pip em uma estrutura de diretórios isolada dentro do seu diretório de projeto. Um diretório será criado com o nome que você selecionar, que irá reter a hierarquia de arquivos onde seus pacotes serão instalados.

      Para instalar pacotes no ambiente isolado, você deve ativá-lo digitando:

      • source my_env/bin/activate

      Seu prompt deve mudar para refletir que você agora está no seu ambiente virtual. Ele se parecerá com (my_env)username@hostname:~/newproject$.

      No seu novo ambiente, você pode usar o pip para instalar o Django. Independentemente da sua versão do Python, o pip deve apenas ser chamado de pip quando você estiver no seu ambiente virtual. Note também que você não precisa usar o sudo uma vez que está instalando localmente:

      Você pode verificar a instalação digitando:

      Output

      2.1

      Note que sua versão pode diferir da versão mostrada aqui.

      Para deixar seu ambiente virtual, você precisa emitir o comando deactivate de qualquer lugar no sistema:

      Seu prompt deve retornar à exibição convencional. Quando você desejar trabalhar no seu projeto novamente, reative seu ambiente virtual retornando para seu diretório de projeto e ativando:

      • cd ~/newproject
      • source my_env/bin/activate

      Se você precisar de uma versão de desenvolvimento do Django, você pode baixar e instalar o Django do repositório do Git. Vamos fazer isso a partir do interior de um ambiente virtual.

      Primeiramente, vamos atualizar o índice de pacotes local:

      Verifique a versão do Python que você tem instalada:

      Output

      Python 3.6.5

      Em seguida, instale o pip dos repositórios oficiais:

      • sudo apt install python3-pip

      Instale o pacote venv para criar seu ambiente virtual:

      • sudo apt install python3-venv

      O próximo passo é clonar o repositório do Django. Entre os lançamentos, este repositório terá mais recursos atualizados e correções de erros ao possível custo de estabilidade. Você pode clonar o repositório para um diretório chamado ~/django-dev dentro do seu diretório home digitando:

      • git clone git://github.com/django/django ~/django-dev

      Mude para este diretório:

      Crie um ambiente virtual utilizando o comando python que seja compatível com sua versão instalada do Python:

      Ative-o:

      • source my_env/bin/activate

      Em seguida, você pode instalar o repositório utilizando o pip. A opção -e irá instalar em modo “editável”, que é necessário ao instalar da versão controle:

      • pip install -e ~/django-dev

      Você pode verificar se a instalação foi bem sucedida digitando:

      Output

      2.2.dev20180802155335

      Novamente, a versão que você ver exibida pode não corresponder ao mostrado aqui.

      Agora você tem a versão mais recente do Django no seu ambiente virtual.

      Criando um Projeto Exemplo

      Com o Django instalado, você pode começar a construir seu projeto. Vamos analisar como criar um projeto e testá-lo no seu servidor de desenvolvimento utilizando um ambiente virtual.

      Primeiramente, crie um diretório para seu projeto e mude-se para dentro dele:

      • mkdir ~/django-test
      • cd ~/django-test

      Em seguida, crie seu ambiente virtual:

      Ative o ambiente:

      • source my_env/bin/activate

      Instale o Django:

      Para construir seu projeto, você pode usar o django-admin com o comando startproject. Vamos chamar nosso projeto de djangoproject, mas você pode substituí-lo por um nome diferente. O startproject criará um diretório dentro do seu diretório de trabalho atual que inclui:

      • Um script de gerenciamento, manage.py, que você pode usar para administrar várias tarefas específicas do Django.
      • Um diretório (com o mesmo nome do projeto) que inclui o código do projeto em si.

      Para evitar ter muitos diretórios amontoados, no entanto, vamos dizer ao Django para colocar o script de gerenciamento e diretório interno no diretório atual (note o ponto final):

      • django-admin startproject djangoproject .

      Para migrar o banco de dados (este exemplo usa o SQLite por padrão), vamos usar o comando migrate com o manage.py. Migrações aplicam quaisquer alterações que você tenha feito aos seus modelos do Django no seu esquema de banco de dados.

      Para migrar o banco de dados, digite:

      Você verá um resultado como o seguinte:

      Output

      Operations to perform: Apply all migrations: admin, auth, contenttypes, sessions Running migrations: Applying contenttypes.0001_initial... OK Applying auth.0001_initial... OK Applying admin.0001_initial... OK Applying admin.0002_logentry_remove_auto_add... OK Applying admin.0003_logentry_add_action_flag_choices... OK Applying contenttypes.0002_remove_content_type_name... OK Applying auth.0002_alter_permission_name_max_length... OK Applying auth.0003_alter_user_email_max_length... OK Applying auth.0004_alter_user_username_opts... OK Applying auth.0005_alter_user_last_login_null... OK Applying auth.0006_require_contenttypes_0002... OK Applying auth.0007_alter_validators_add_error_messages... OK Applying auth.0008_alter_user_username_max_length... OK Applying auth.0009_alter_user_last_name_max_length... OK Applying sessions.0001_initial... OK

      Finalmente, vamos criar um usuário administrativo para que você possa usar a interface admin do Django. Vamos fazer isso com o comando createsuperuser:

      • python manage.py createsuperuser

      Você será solicitado a incluir um nome de usuário, um endereço de e-mail, e uma senha para seu usuário.

      Modificando ALLOWED_HOSTS nas Configurações do Django

      Para testar com sucesso seu aplicativo, você precisará modificar uma das diretivas nas configurações do Django.

      Abra o arquivo de configuração digitando:

      • nano ~/django-test/djangoproject/settings.py

      Dentro, localize a diretiva ALLOWED_HOSTS. Isso define uma lista de endereços ou nomes de domínio permitidos que podem ser usados para se conectar à instância do Django. Um pedido recebido com um cabeçalho Host que não está nesta lista irá criar uma exceção. O Django exige que você defina isso para prevenir uma certa classe de vulnerabilidade de segurança.

      Dentro dos colchetes, liste os endereços IP ou nomes de domínio associados ao seu servidor do Django. Cada item deve ser listado entre aspas, com entradas separadas divididas por uma vírgula. Se você quiser pedidos para um domínio inteiro e quaisquer subdomínios, anteceda um período ao início da entrada:

      ~/django-test/djangoproject/settings.py

      . . .
      ALLOWED_HOSTS = ['your_server_ip_or_domain', 'your_second_ip_or_domain', . . .]
      

      Quando você terminar, salve o arquivo e saia do seu editor.

      Testando o Servidor de Desenvolvimento

      Assim que você tiver um usuário, você pode iniciar o servidor de desenvolvimento do Django para ver como é um projeto do Django recém-criado. Você deve apenas usar isso para fins de desenvolvimento. Quando você estiver pronto para implantar, certifique-se de seguir as diretrizes do Django para implantação com cuidado.

      Antes de você testar o servidor de desenvolvimento, certifique-se de abrir a porta apropriada no seu firewall. Se você seguiu o guia de configuração inicial do servidor e está utilizando o UFW, você pode abrir a porta 8000 digitando:

      Inicie o servidor de desenvolvimento:

      • python manage.py runserver your_server_ip:8000

      Visite o endereço IP do seu servidor seguido de :8000 no seu navegador Web:

      http://your_server_ip:8000
      

      Você deve ver algo que se parece com isso:

      Django public page

      Para acessar a interface admin, adicione /admin/ ao final do seu URL:

      http://your_server_ip:8000/admin/
      

      Isso irá levar você a uma tela de login:

      Django admin login

      Se você digitar o nome de usuário e senha do admin que você acabou de criar, você terá acesso à seção admin principal do site:

      Django admin page

      Para mais informações sobre trabalhar com a interface admin do Django, por favor, veja “Como Habilitar e Conectar a Interface Admin do Django.”

      Quando você terminar de olhar através do site padrão, você pode parar o servidor de desenvolvimento digitando CTRL-C no seu terminal.

      O projeto Django que você criou fornece a base estrutural para projetar um site mais completo. Verifique a documentação do Django para mais informações sobre como construir seus aplicativos e personalizar seu site.

      Conclusão

      Agora, você deve ter o Django instalado no seu servidor Ubuntu 18.04, fornecendo as principais ferramentas de que você precisa para criar aplicativos Web poderosos. Você também deve saber como iniciar um novo projeto e iniciar o servidor de desenvolvedor. Impulsionar um framework completo como o Django pode ajudar a tornar o desenvolvimento mais rápido, permitindo que você se concentre apenas nos aspectos únicos dos seus aplicativos.

      Se você quiser mais informações sobre trabalhar com o Django, incluindo discussões profundas sobre coisas como modelos e views, por favor, veja nossa série de desenvolvimento do Django.



      Source link